Sou intolerante à lactose, e agora?

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018



Hoje venho falar-vos de uma experiência pessoal que me aborreceu durante a minha vida toda e com a qual aprendi a conviver nos últimos anos.

Numa nota informativa e de forma muito simples: a intolerância à lactose (um hidrato de carbono naturalmente presente no leite) caracteriza-se pela incapacidade do nosso organismo de produzir uma proteína com atividade enzimática, a lactase (produzida na mucosa intestinal), que é responsável pela digestão da lactose, separando-a em partes passíveis de serem absorvidas, sem dano, pelo nosso organismo. Existem 2 tipos de intolerância: a primária (geralmente genética e irreversível) e a secundária (adquirida, temporária). 


Comecemos pelo início: A saga começou bem cedo quando eu ainda era um bebé. Assim que deixei de beber leite materno (por volta dos 7 meses) foi-me recomendado pela pediatra o consumo de leite de fórmula (em pó) e, COITADA da minha mãe, comprou todos os leites disponíveis no mercado e eu rejeitava-os a TODOS (e não, não era uma mini diva - por rejeitar subentenda-se bolsar/regurgitar). Por recomendação da médica passei a beber leite do dia, leite este que fui tolerando até à idade adulta. Mas, devo confessar, nunca gostei muito de leite e não me sentia particularmente bem ao consumir lacticínios. 

Há aproximadamente 4 anos comecei a ter sintomas gastrointestinais e cutâneos sempre que consumia lacticínios, e nos últimos 2 anos esses sintomas agravaram-se muitíssimo, tornando-se mais fortes e praticamente imediatos. Fui diagnosticada clinicamente intolerante à lactose sem certeza em relação ao tipo, mas com a certeza absoluta em relação ao nível de intolerância.

Pela inibição total do consumo de lacticínios comecei a recuperar e a sentir-me muito melhor. Ainda tentei introduzir os produtos sem lactose na minha rotina mas apesar de não se manifestarem na vertente gastrointestinal manifestam-se em sintomas cutâneos (nomeadamente no agravamento de eczemas).

Quanto ao consumo de alimentos sem lactose em casa não encontrei grandes dificuldades uma vez que sou eu que seleciono o que compro e como, a minha família e amigos também começou a estar sensibilizada e em festas e jantaradas os lacticínios são substituídos por  opções sem lactose ou há sempre algo que eu possa comer... Mas quanto a refeições fora de casa a coisa muda de figura! Quase tudo leva queijo ou natas ou leite, até as opções vegetarianas! Claro que posso sempre pedir para excluírem os lacticínios e faço-o muitas vezes, mas apesar de ser algo perfeitamente comum nos dias que correm, ainda encontro alguma surpresa quando faço o pedido, como se tivesse que justificar a minha escolha com um relatório pormenorizado. Já ouvi "Sem queijo? Deixe lá isso que a menina não precisa de dietas!" ou "Tem a certeza que que excluir o lacticínio X??" acompanhado de um franzir de sobrolho. 

No que toca à alimentação (e em quase tudo na vida) não sou de todo fundamentalista. Dada a minha profissão conheço como a palma das minhas mãos os meandros da indústria alimentar e sou apologista do consumo informado e inteligente. Nunca fiz dietas acessórias e acredito que as restrições alimentares aleatórias não são benéficas para a nossa saúde, motivo pelo qual me sinto um pouco incomodada quando percebo que são inúmeras as pessoas que deixam de consumir isto ou aquilo apenas porque sim e, por conseguinte, a sociedade passa a percecionar problemas de saúde reais com modinhas das redes sociais.

As intolerantes por aí que se acusem. :) Partilhem as vossas sugestões de locais onde costumam comer, receitas, produtos que adoram... Conto com os vossos comentários! :)


Beijos mil*


PS Neste momento estou a ser alvo de vários testes para descartar a possibilidade de alergias e doenças de manifestação cutânea, so wish me luck!

10 comentários

  1. Olá Cláudia! Tal como tu descobri que era intolerante à lactose já em idade adulta...Cheguei a ponderar uma alergia porque tal como tu tinha sintomas de imediato e muito violentos. Mas felizmente não passa de uma intolerância muito severa. Com esta transformação mudei completamente a minha alimentação e tornei-me vegetariana, nunca me senti melhor. Eu gosto muito de fazer compras no Aldi e no El corte ingles, encontro opções fantásticas. Quanto às refeições fora de casa é muito complicado, principalmente na zona onde vivo, mas cabe-nos a nós informar as pessoas para a aceitação da diferença. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara, obrigada pelo teu testemunho. Também costumo encontrar opções fantásticas no ALDI e no supermercado do ECI! :)
      Pelo Porto vão havendo cada vez mais opções de menus sem lactose, felizmente!

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Também sou intolerante à lactose e no decorrer dessa descoberta e dos milhentos exames descobri que tenho a doença celíaca, as restrições alimentares fazem parte da minha vida mas aprendi a conviver bem com isso. Boa sorte na tua jornada! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá e obrigada pelo teu testemunho :)
      A doença celíaca é, do meu ponto de vista, bem mais complicada de gerir. Mas com alguns cuidados tudo é possível :) Um beijinho e boa sorte

      Eliminar
  3. Também sou intolerante à lactose e sinto-me um alien sempre que peço para excluir os lacticínios do meu pedido, tanto que já comecei a dizer que sou alérgica ao leite para não levar com olhares recriminatórios. Já agora, qual a bebida vegetal que costumas comprar? Recomendas alguma?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana! Também já disse que era alérgica para me assegurar que não usavam de facto lacticínios porque em muitos locais ainda que digas que és intolerante à lactose não querem saber! Por isso percebo a tua posição!
      Quanto às bebidas vegetais acho que já experimentei TODAS as existentes no mercado :P
      Gosto particularmente da bebida de coco da Alpro e da bebida/iogurte de pêssego e pêra da Shoyce (em formato 3 x 200mL). Todos os outros acabo por enjoar, particularmente as bebidas de soja.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Obrigada pelas dicas =D Ainda não experimentei a bebida de coco da Alpro, geralmente prefiro as de amêndoa. Esse iogurte nunca provei, onde compras? bjs

      Eliminar
    3. Olá Ana! Esse iogurte/bebida costumava comprar no jumbo ou continente, mas ultimamente só o vi mesmo no continente online (aqui: https://goo.gl/K92Rsu). beijinhos

      Eliminar
    4. Não está disponível no continente online com recolha na loja ='((

      Eliminar
    5. Ohh :( Aparentemente já não faz parte da linha permanente da Shoyce (pelo que vi no website), devem restar poucas unidades! Beijinhos

      Eliminar

Os mais lidos

Dimples Blog © . Template by QUINN CREATIVES .